TRT-18 lançará edital de concurso para juiz nos próximos dias

O Pleno do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região aprovou hoje o edital do 13º concurso público para provimento de cargos de juiz do trabalho substituto.

A primeira fase será realizada pela Fundação Carlos Chagas e as demais etapas pela Comissão de Concurso do Tribunal. O concurso destina-se ao provimento de 11 cargos vagos existentes de juiz do trabalho substituto, bem como os que forem criados ou vierem a vagar durante o seu prazo de validade.
O concurso será realizado em cinco etapas e serão exigidos dos candidatos três anos de atividade jurídica exercida após a obtenção do grau de bacharel em Direito, cuja comprovação deverá ser feita por ocasião da inscrição definitiva, na terceira etapa.
As inscrições estarão abertas no período de 01 a 30 de agosto de 2012, exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico . O candidato deverá efetuar o pagamento da inscrição no valor de R$ 180. A data provável
para a realização da primeira fase é o dia 2 de dezembro.

Fonte: TRT18

About these ads

Fundação Carlos Chagas (FCC) será a empresa responsável pelo concurso da magistratura trabalhista do TRT-18

O Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região firmou contrato com a Fundação Carlos Chagas para que a instituição de ensino realize a primeira etapa, relativa à prova objetiva, do XIII
concurso público para provimento de cargo de juiz do trabalho substituto do Órgão.

Entre os serviços que deverão ser prestados pela Fundação estão a elaboração, confecção, logística de segurança e transporte, guarda e conservação, aplicação, fiscalização e correção da
prova objetiva; julgamento dos recursos apresentados; locação de espaço físico e treinamento de equipe de fiscais. A contratação compreende, ainda, a realização de todos os procedimentos
relativos à inscrição preliminar, a ser disponibilizada via internet, e ao cadastramento dos candidatos.

O edital e o calendário das provas serão divulgados em breve. Primeiramente, o TRT vai discutir com a FCC a confecção do edital e do calendário de realização das inscrições da primeira fase, que deverá, ainda, ser encaminhado ao Tribunal Pleno para conhecimento e aprovação.

Fonte: http://www.trt18.jus.br

TRT da 23ª Região abre concurso para 4 vagas de juiz do trabalho substituto

O Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região, em Mato Grosso, abriu concurso para 4 vagas de juiz do trabalho substituto. O salário é de R$ 21.766,15.

O candidato deve ser graduado em direito e ter, até a data da inscrição definitiva, 3 anos de atividade jurídica exercida após a obtenção do grau de bacharel em direito.

As inscrições poderão ser feitas das 7h30 às 14h30 na Secretaria Judiciária, situada no 5º andar do prédio administrativo do complexo-sede do TRT/MT, na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 3.355, Cuiabá, de 11 de junho a 10 de julho. A taxa é de R$ 109. O prazo para pedidos de isenção vai de 11 a 15 de junho.

O concurso terá prova objetiva seletiva, duas provas escritas, inscrição definitiva, sindicância da vida pregressa e investigação social, exame de sanidade física e mental, exame psicotécnico, prova oral, avaliação de títulos.

A prova objetiva seletiva está prevista para 12 de agosto. Em 15 de setembro será a vez da prova escrita discursiva e no dia seguinte a prova de sentença. Os aprovados nessas etapas farão a prova oral em 15 de dezembro.

Outras informações podem ser obtidas na Secretaria da Comissão do Concurso pelo telefone (65) 3648-4330.

Fonte: g1/concursos

TRT do Rio Grande do Sul lança edital para 6 vagas de juiz do trabalho substituto.

O Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, no Rio Grande do Sul, abriu concurso para 6 vagas de Juiz do trabalho substituto. O salário é de R$ 21.766,15.

As inscrições preliminares devem ser feitas até 3 de julho pelo site www.concursosfcc.com.br. A taxa é de R$ 180.

O candidato deve ser bacharel em direito e 3 anos de atividade jurídica.

O concurso terá prova objetiva seletiva, duas provas escritas, inscrição definitiva, sindicância da vida pregressa e investigação social, exame de sanidade física e mental,exame psicotécnico, prova oral e avaliação de títulos.

A prova objetiva seletiva será em 22 de julho.

Fonte: g1/concursos

Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (São Paulo) abriu concurso para Juiz do Trabalho Substituto com oferta de 174 vagas.

O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo – 2ª Região (TRT 2) deu início as 12h desta segunda-feira, 30, ao período de inscrições preliminares para o XXXVII Concurso Público destinado ao provimento de 174 vagas do cargo de Juiz do Trabalho Substituto.

Segundo consta no edital de abertura, a remuneração será de R$ 21.766,15 e os interessados na concorrência devem se inscrever até as 16h do dia 29 de maio pelo endereço eletrônico www.trtsp.jus.br, sob taxa de R$ 150,00.

Todos os participantes serão submetidos a uma prova objetiva na primeira fase; uma prova escrita discursiva e uma sentença na segunda etapa; sindicância da vida pregressa e investigação social e exame de sanidade física, mental e aptidão psicológica – inscrição definitiva na terceira fase; prova oral na sequência e por fim, prova de títulos.

Detalhes do concurso

  • Primeira etapa – prova objetiva composta por 3 blocos com questões de Direito Individual e Coletivo do Trabalho, Direito Administrativo e Direito Penal; Direito Processual do Trabalho, Direito Constitucional, Direito Civil e Direito da Criança e do Adolescente; e Direito Processual Civil, Direito Internacional e Comunitário, Direito Previdenciário e Direito Empresarial. Prevista para o dia 2 de setembro as 13h.
  • Segunda etapa composta por uma prova escrita discursiva com questões de Direito Individual e Coletivo do Trabalho, Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual do Trabalho, Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Internacional e Comunitário, Direito Previdenciário, Direito Empresarial, Direito da Criança e do Adolescente e Noções Gerais de Direito e Formação Humanística prevista para 9 de dezembro de 2012 as 13h; e uma sentença trabalhista no dia 7 de abril de 2013 as 13h.
  • Na terceira fase o candidato passará por sindicância da vida pregressa e investigação social e exame de sanidade física, mental e aptidão psicológica.
  • A quarta etapa será composta por prova oral englobando Direito Individual e Coletivo do Trabalho, Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual do Trabalho, Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Internacional e Comunitário, Direito Previdenciário, Direito Empresarial, Direito da Criança e do Adolescente e Noções Gerais de Direito e Formação Humanística.

Por fim, os aprovados nas fases anteriores serão submetidos a avaliação de títulos.

Fonte: pciconcursos

Senado aprova projeto que cria 11 Varas do Trabalho no Paraná

O Plenário do Senado Federal aprovou, nesta quarta-feira, 11 de abril, o Projeto de Lei da Câmara (PLC) número 6 de 2012, que cria 11 novas varas do trabalho para o Paraná. O projeto segue para sanção presidencial. A presidente deve se manifestar em 15 dias úteis, contando da chegada do projeto à Casa Civil.

Para a presidente do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR), desembargadora Rosemarie Diedrichs Pimpão, a atuação do senador Álvaro Dias, relator do projeto, foi fundamental para a rápida tramitação do processo no Senado. O projeto foi protocolado no Senado em 19 de março e aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça em 4 de abril. No mesmo dia, o senador fez um Requerimento de Urgência, que obrigou a votação do Plenário em um prazo máximo de duas sessões. “Já enderecei ao senador o reconhecimento da comunidade paranaense pelo pronto apoio ao projeto e sua preocupação com a comunidade jurídica paranaense. Também é importante lembrarmos da atuação dos nossos deputados – em especial do relator do projeto na Câmara, deputado Sandro Alex, e do deputado André Vargas (Comissão de Finanças e Tributação) – que revelaram grande espírito público no encaminhamento e tramitação do projeto”, ressaltou a presidente.

Além da criação das 11 varas, estão previstos novos cargos de Juiz do Trabalho, servidores efetivos, cargos em comissão e funções comissionadas. O projeto prevê a criação de varas do trabalho em Apucarana, Bandeirantes, Cascavel, Colombo, Cornélio Procópio, Francisco Beltrão, Pato Branco, Ponta Grossa, Porecatu, São José dos Pinhais e Toledo.

Fonte: TRT9

 

Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região abre concurso para 2 vagas de Juiz do Trabalho substituto.

O Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, faz saber que estarão abertas as inscrições preliminares ao Concurso C-330, no período de 28 de março a 26 de abril de 2012, para provimento imediato de 2 cargos atualmente vagos de Juiz do Trabalho Substituto da 8ª Região.

O valor da remuneração na data deste Edital é de R$ 21.766,15.

Da Inscrição Preliminar:

As inscrições poderão ser efetuadas a partir das 8 horas do dia 28 de março de 2012 até às 18 horas do dia 26 de abril de 2012, exclusivamente via internet, através do endereço eletrônico www.trt8.jus.br/concurso.

Após a confirmação da inscrição, via internet, que ocorrerá ao final da operação, o candidato deverá recolher a taxa de R$ 200,00 através da GRU – Guia de Recolhimento da União – Simples, disponível apenas no endereço eletrônico do Tesouro Nacional (www.tesouro.fazenda.gov.br), link Portal SIAFI.

O candidato poderá entregar pessoalmente, no horário de 8h às 13h, ou encaminhar pelos Correios, via Sedex, obrigatoriamente aos cuidados da Secretaria do Concurso da Magistratura, na Travessa Dom Pedro I, nº. 746, 3º andar, Umarizal, Belém-PA, CEP 66.050-100, o requerimento padronizado, acompanhado dos documentos.

O Concurso desenvolver-se-á sucessivamente de acordo com as seguintes etapas:

a – Primeira etapa – uma prova objetiva seletiva, de caráter eliminatório e classificatório;

b – Segunda etapa – duas provas escritas (primeira prova escrita será discursiva e a segunda prova escrita será a elaboração de uma sentença trabalhista), de caráter eliminatório e classificatório;

c – Terceira etapa (sindicância da vida pregressa e investigação social; exame de sanidade física e mental; e exame psicotécnico), de caráter eliminatório;

d – Quarta etapa – uma prova oral, de caráter eliminatório e classificatório;

e – Quinta etapa – avaliação de títulos, de caráter classificatório.

O tempo de duração da prova objetiva seletiva será de 5 horas. A prova objetiva seletiva constará de 100 questões objetivas, realizada em um único dia para todos os candidatos. A prova será realizada em Belém/PA.

O cartão de identificação, necessário para admissão ao local de realização de todas as etapas, será fornecido ao candidato no primeiro dia da prova objetiva seletiva, pelo fiscal de sala. Para receber o cartão de identificação, o candidato deverá apresentar o original de documento oficial de identidade, expedido por órgão competente.

O Concurso será válido pelo prazo de 2 anos, contado da data da publicação da homologação do resultado final, prorrogável uma vez, por igual período, a critério do Pleno do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região.

Fonte: Site do Curso Damásio